Páginas

Você é meu convidado

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Estatuto do Polaco

Texto muito bom do blog do Frederico, só coloquei aqui porque no dele não dava pra ler


Igualdade Polaca Sentindo sermos parte de uma minoria, segregada no Brasil, nós polacos reividicamos uma atitude do governo federal para sermos igualados aos negros no status dos direitos de cidadãos, mesmo que não possa chamar negro de negro.


1 - Fica estabelecida a cota de 5% para polacos nas universidades públicas das regiões Sudeste, Norte e Nordeste do Brasil.

2 - Fica proibido chamar descendentes de alemães, ucranianos, holandeses e outros europeus de polaco.

3 - Fica proibido chamar os polacos de polacos, pois o termo é pejorativo e denigre a imagem deste como ser humano.

4 - Fica estabelecido que os polacos devem sem chamados de "cidadãos de ascendência polonesa" ou "polacodescendentes".

5 - Chamar polaco de polaco passa a ser crime de racismo, mesmo que seja público e notório o fato da raça humana ser uma só.

6 - O mesmo é extendido às variações "polacão", "polaquinho", "polaca", polaquinha", etc.

7 - Fica proibido usar expressões de cunho pejorativo associadas aos polacos. Ex: "Coisa de polaco!", "Polaco do Cara....", "Só podia ser polaco", etc.

8 - Fica estabelecido o dia 21 de novembro como o "dia nacional da consciência polaca", mesmo que não possa chamar polaco de polaco.

9 - Fica estabelecido o dia 23 de junho como o "dia nacional do orgulho polaco, mesmo que não possa chamar polaco de polaco.

10 - Fica criada a Sub-secretaria Especial de Políticas para Promoção da igualdade Polaca, subordinada à Secretaria Especial de Políticas para Promoção da Igualdade Racial, mesmo que seja público e notório o fato da raça humana ser uma só.

11 - Fica estabelecido o prazo de 2 anos para a Sub-secretaria Especial de Políticas para Promoção da Igualdade Polaca virar Ministério dos Polacos, juntando-se aos outros 40 ministérios brasileiros, mesmo que não possa chamar polaco de polaco.

12 - Fica proibida qualquer atitude de segregação aos polacos, as quais os caracterizem com inferiores a outros seres humanos.

13- Fica restrito ao governo brasileiro a pré-suposição de que os polacos são inferiores, estabelecendo de cotas, restrições associativas, nominativas e sanções para as mesmas.

14 - Passa a ser crime de "polacofobia" qualquer agressão deliberada contra um polaco, mesmo que não possa chamar polaco de polaco.

15 - Toda criança que usar a expressão "polaco da bareirinha que solta pum e sai farinha ou polaco da bareirinha pegou caroça foi roubar galinha..." estará cometendo Bullying e deve ser encaminhada para tratamento psicológico.

16 - Em caso de um negão chamar um polaco de polaco, este adquire o direito de chamar o negão de negão sem aplicação das sanções previstas em Lei.

17 - Ficam estabelecidos como Centros Nacionais de Cultura Polaca o bairro da Barreirinha em Curitiba e as cidades de Malet, Irati, Prudentópolis e o destrito de Guajuvira.

18 - Qualquer cidadão para se referir à um cidadão de ascendenciaplonesa poderá dizer POLONO que, mesmo sendo pouco comum, considera-se aceitavel.

 Brasília, 30 de novembro de 2011

2 comentários:

Pâmela disse...

Terezinha coitada, sofre sem esse estatuto! http://www.youtube.com/watch?v=348bYwOIB0E&list=FLtPOC00tiyl6WUFx_bNCipA&index=1&feature=plpp_video

Anônimo disse...

Kkkkkkk A 15 é a melhor!!!! Lembrando: mesmo que não possa chamar polaco de polaco....kkkk